Percepção energética em objetos

Boa tarde membros da Tenebris Actus e Imperium Fortuna, como começamos nossas aulas com a criação de amuletos cabe a todos saberem ao menos como detectar cargas energéticas em objetos e ambientes, então vou dar uma introdução de como atingir isso.

Impregnação energética.

Ao contrário do que muitos pensam objetos inanimados não geram sua própria energia “espiritual”, podem chamar de chi, ou ki ou de foguinho do Dragon Ball… Mas a energia gerada por seres vivos é diferente da energia emitida por objetos (e sim, tudo é energia, porém vibrando de formas diferentes). Objetos inanimados podem conter características de absorção energética e até de dissipação de energias ao redor e isso é levado em consideração quando escolhemos qual material será usado na criação de um amuleto.

Rochas e sal.

Sempre utilizo esses dois exemplos simples quando alguém me pergunta alguma propriedade de material, o sal por exemplo é ótimo em dissipar energias, alguns dizem que apenas negativa porém com os meus experimentos percebi que não existe essa diferenciação, ele simplesmente dissipa qualquer tipo de energia ao qual entre em contato, por isso é muito utilizado em descarrego que é quando a pessoa quer retirar algum tipo de carga energética que tenha recebido ou gerado. Porém o Citrino, que é uma pedra muito da fofinha, tem uma característica diferente, ele ao invés de dissipar energias ao redor ele absorve tudo e compacta em uma espécie de “buraco negro interno”, o que faz com que ele pareça um ralo de energia, muito utilizado para pessoas que estão recebendo constantes ataques energéticos e não sabem ainda como se livrar da fonte, porém assim como o sal o citrino não diferencia uma energia da outra absorvendo assim a energia do usuário também, o que leva à exaustão.

Mas como sentir a energia?

A resposta pode parecer simples: OBSERVAÇÃO, porém ficar olhando para um objeto não fará você ver uma fumaça energética ao redor dele então você terá que fazer algo novo, e para o seu corpo aprender algo novo você terá que treinar e esse é um exercício para aumentar a sensibilidade do corpo físico à energia “espiritual”.

Vou ver aura, Gigim?

Quase isso, porém aqui estamos apresentando a ideia de observar objetos e ambientes e não pessoas, primeiro porque a aula dessa semana é sobre amuletos e porque pessoas são complexas demais para serem usadas como exercício inicial.

Vendo de olhos fechados.

Uma das coisas que mais atrapalha a visualização de energia são os nossos olhos, pelo fato de só conseguirmos processar visualmente algo que enxergamos o ato de tentar enxergar algo sem utilizar a visão é uma espécie de piração pro nosso cérebro, porém quando tentamos fazer isso não é o nosso cérebro que deverá ser ativado, mas sim o nosso corpo mental e astral, então o que tentarei fazer aqui é ensinar você, burro velho, a fazer algo que nunca fez, aprender a enxergar.

Enxergando com as mãos.

Primeiro passo para abrir novos tipos de percepção é se livrar da percepção anterior, então quase todos os exercícios relacionados à visualização energética serão feitos com os olhos fechados. O primeiro é o “visualizar táctil” que é basicamente pegar algum objeto, de preferência que caiba na mão e apalpá-lo enquanto cria sua imagem mentalmente, inicialmente um objeto que você sabe exatamente do que é, onde você deve procurar o maior número de detalhes e ir criando uma imagem 3D no seu cérebro, inicialmente com uma cor só e depois sua criatividade irá colorir o objeto à seu gosto, tente alterar suas cores mentalmente e observar como seria o objeto de cor diferente e anote quais cores vem com mais frequência à sua mente.

Preparando o acaso.

Depois de executar a tarefa anterior vamos aumentar o nível dessa percepção táctil acrescentando o elemento ACASO no exercício, dessa vez utilizaremos 3 ou mais objetos, você pode colocá-los dentro de uma caixa, bolsa ou sacola, de forma que você não saiba qual irá pegar primeiro, feche os olhos e sorteie um e faça os mesmos passos do exercício anterior, após ter visualizado bem mentalmente o objeto recoloque-o na sacola e faça outro sorteio, não há problema em repetir o objeto porém você terá SEMPRE que fazer o passo anterior independente de quantas vezes o mesmo objeto se repetia. Faça isso até ter visualizado ao menos uma vez cada um dos objetos.

Continua.

Pensei que essa matéria ficaria um pouco menor, mas já tá passando do tamanho pra algo de leitura rápida, então vou continuar com o assunto numa continuação (ainda essa semana), por hora façam esse exercício e anotem os resultados e discutam sobre ele no Fórum.

Por hoje é só, até a próxima, Hasta!


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

VOCÊ TAMBÉM PODE APLAUDIR ESSA MATÉRIA FAZENDO UM PIX PARA: [email protected]

A COLABORAÇÃO DE VOCÊS GARANTE QUE SEMPRE TEREMOS NOVO MATERIAL DIARIAMENTE.

O que achou da postagem?
+1
7
+1
0
+1
3

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *