A ferramenta mais importante na bruxaria não é o athame ou a varinha, não é o caldeirão ou as ervas, nem o livro ou o feitiço – a ferramenta mais importante na bruxaria é a mente.

Existem muitas definições de bruxaria, mas a que mais gosto é que é uma arte espiritual firmemente enraizada na psicologia e na natureza.

Isso envolve psicologia, porque requer que você tenha controle sobre a mente – a capacidade de se concentrar, de entrar em diferentes estados de consciência, de visualizar, de criar essencialmente uma profecia que possa se tornar real através de lavagem cerebral positiva e deliberada.

Utilizar a natureza – que inclui aprender e trabalhar com coisas como ervas, raízes, cristais etc. – requer conhecimento. Trabalhar com energia – ou seja, aprender a elevar as energias naturais e direcioná-las para alcançar o objetivo de alguém – requer conhecimento, habilidade e disciplina mental desenvolvida nas artes psíquicas.

É por isso que um estudante do Ofício não deve começar procurando feitiços ou colecionar ferramentas. De fato, depois de estudar, você saberá como criar seus próprios feitiços personalizados.

Com o estudo adequado, tudo o que você tem à mão pode se tornar uma ferramenta em potencial – e, se não houver nada disponível, você poderá trabalhar sem eles. Um aprendiz deve mergulhar em duas atividades principais: estudar e treinar a mente.