A goetia e os djinns

Fala galera, eu sou o Gigim e hoje vamos falar um pouco sobre a goetia das mil e uma noites, vamos deixar um pouco da visão europeia de lado e vamos dar um passeio no deserto.

Demônios e gênios

Quanto mais se estuda sobre goetia mais percebe-se que ela é comumente repetida em textos folclóricos dos povos árabes, mesmo que a maioria dos grimórios atuais tentem colocar a goetia como um tipo de baixa magia mais gótica não podemos deixar de perceber que alguns pontos importantes do mito se repetem em outras culturas, e principalmente quando falamos da goetia salomônica.

O gênio da lâmpada

Um ponto interessante é como citado que Salomão prendeu seus demônios em urnas de metal (bronze se não me engano) e ele os utilizou como guardiões do seu tesouro, é tido que os demônios eram presos nessas urnas e selados, carregando consigo suas legiões, e nem todo o material sobre isso cita demônios como uma forma de entidade maligna, mas somente como seres que não poderiam mais voltar pro céu e/ou para as graças de Deus, porém assim como acontece em contos como as mil e uma noites, sempre temos algum idiota que vai lá e esfrega a lâmpada e solta um capeta pra gerar treta… Entendem onde eu quero chegar?

A igreja, e o Jesus de olho claro

Muitos de nós cresceram católicos ou algo parecido com isso ouvindo os contos e parábolas bíblicas e vendo desenhos de baixíssima qualidade que sempre relatavam os escritos da bíblia como a coisa mais Senhor dos anéis possível, tínhamos o Jesus de cabelos lisos, pele clara, alto e esguio, Maria como uma mulher hiper pálida, quase uma pin up vestida de santa, e todo o contexto bíblico o mais “white washing” possível, e a culpa disso é da nossa colonização sendo feita por espanhóis, portugueses e holandeses, por mais que eles fossem católicos, eles tinha o “próprio santo” e esse tinha que parecer com eles.

Mas onde entra a goetia nisso?

Inicialmente falando de Salomão, o cara era rei em Israel, logo todo o seu imaginário com um Salomão parecido com ZEUS, já era. E quando falamos de goetia, falamos de Salomãoe em textos mais antigos eles não citavam DEMÔNIOS, eles citavam GÊNIOS/Djinns, então é muito mais provável que a demonização dos 72 tenha vindo em traduções do povo mais branquelo, e é o que levanta uma questão interessante, seriam todos os goétios demônios?

Apenas 6

Alguns textos indicam que apenas 6 gênios foram aprisionados por Salomão, porém com o tempo ele lidou com muitos outros gênios enquanto era o grande rei da porra toda, até alguns textos que trouxe aqui como testamento de Salomão e tal não citavam os 72, mas apenas uns poucos que ele realmente forçou a trabalhar no seu templo, e mesmo Asmodeu que era um rei dos demônios meio que ficou de bromance com Salomão por mais de 6 anos, a relação era muito mais parecida com um Djinn do que de um Demônio, lembrando que os Djinns sempre são citados como seres que podem ser representações da natureza e de aspectos do mundo e que nem sempre são maléficos.

Essa é uma pequena introdução de um estudo mais longo que estou fazendo sobre o real funcionamento do sistema de evocação da goetia, em breve trago mais análises.

Fonte: MAGIA GOÉTICA – Por Thomas Karlsson


O DEBATE CONTINUA NO GRUPO DO WHATSAPP E NO DISCORD

GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

VOCÊ TAMBÉM PODE APLAUDIR ESSA MATÉRIA FAZENDO UM PIX PARA: [email protected]

O que achou da postagem?
+1
1
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.