A fé e a falta

Olá, sejam bem vindos! Eu sou a Delirium da Occulta Umbra e estamos aqui pra tratar de um tema extremamente necessário, abusos no meio ocultista.
Não é de hoje que nos deparamos com histórias sobre mulheres que, de alguma forma, sofreram algum tipo de abuso no meio, ou de ocultistas que praticaram tais atos. Mas é de conhecimento público que a maioria dos casos jamais chega a justiça.

Também é comumente visto preços exorbitantes em troca de resultados no mínimo questionáveis, promessas de satisfação total e entrega imediata.

 

A armadilha na fragilidade.

É no nosso momento mais frágil que nos encontramos prontos para uma verdadeira mudança, mas é também no nosso momento mais frágil que estamos mais suscetíveis a manipulações e abusos.

Um dos maiores exemplos atualmente sobre é João de Deus, com promessas de cura milagrosas ele seguiu abusando sexual, física e psicologicamente mais de uma centena de mulheres ao longo de sua “carreira”. A maioria talvez se pergunte como?! E eu digo: Desespero. Eram mulheres buscando curas e o mundo todo caiu nessa fraude.

PS: Encontraram o corpo da japonesa desaparecida enterrado em sua propriedade…

 

Temos também a figura do “grande mestre” que surgiu do nada pedindo nudes e propondo ritos de magia sexual com suas promessas e pregando conhecimento, mas essa parte já foi abordada pelo Gigim na matéria anterior.

 

Nossa, jamais cairia em algo assim…

Não se engane, verdade é que o ser humano é capaz de tudo! Como essas mulheres ofereceram seus corpos na promessa de cura de suas doenças, algumas delas fatais ou incuráveis. Pessoas que viajaram o mundo e gastaram todo o dinheiro que tinham acreditando nas promessas de um suposto estuprador estelionatário (a gente precisa usar suposto aqui porque ele não foi julgado e o departamento jurídico da Imperium sou eu).

O estelionato religioso e o charlatanismo.

Tá, deixo claro que não queria falar de leis, mas as vezes as promessas vão longe demais! Mil desculpas, eu sou de humanas, na verdade de direito.
Sim, a lei protege o patrimônio do indivíduo. O ordenamento brasileiro se se baseou no ordenamento francês que tem como principal objetivo proteger a propriedade.
No estelionato temos a ideia de “obter vantagem” (valor em dinheiro/imóvel) induzindo alguém ao erro, por fraude ou outros meios. E temos também o charlatanismo, e aqui as promessas de curas impossíveis.
Então percebemos que existe sim a proteção legal para pratica e culto filosófico e religioso. Caso comprovado lucro ilegal e fraude, a justiça tem sim margem para ação.

Quem nunca viu por ai promessas incríveis por bagatela?! Promessas de pactos que irão solucionar todos os problemas da sua vida?! Promessas de fama / riqueza / sexo / amor / felicidade.
Quem nunca imaginou ter seus sonhos ao alcance de suas mãos?! Quem sabe uma vida mais fácil, regada a prazeres?!

A armadilha aqui é a ambição, ou só inocência mesmo, desconfie de promessas grandiosas e resultados fáceis. É necessário muito estudo e muita prática pra atingir eficiência, a repetição, a leitura, a busca da melhora.
Tudo isso leva tempo, tudo isso dá trabalho e a maioria vai cobrar sua cota. Mas fique atento as promessas milagrosas, fique atento a soluções imediatas e principalmente observe a índole da pessoa com quem você trata.

Conhecimento liberta.

Pense nos sinais, analise bem mais as promessas quando seu desespero estiver a flor da pele, desespero não é o melhor guia e a ambição também não.
Desconfie, a razão não deve ser descartada no ocultismo, ela deve somar a intuição. E principalmente, estude, leia, aprenda, busque construir suas práticas e entender as práticas do outro.


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

O que achou da postagem?
+1
2
+1
0
+1
0

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *