Uma referência clássica de vidência encontramos no filme “O Sexto Sentido” que recebeu o gênero de terror pelo fato do protagonista ver pessoas mortas e ensanguentadas (algo bem aterrorizante principalmente para crianças), e no decorrer no filme ele sofre várias perturbações e sustos que os espíritos lhe causam. Mas você sabe como a vidência realmente acontece e para que serve?

Vidência é mais uma qualidade psíquica que temos graças à nossa natureza espiritual! Um vidente tem a capacidade de enxergar como se fosse pelos olhos da carne espíritos e manifestações espirituais, como por exemplo pessoas que já morreram, entidades, larvas astrais, aura, vultos, etc. Que divertido, não é? Você sozinho em casa à noite lendo um livro e quando levanta pra ir ao banheiro dá de cara com uma “pessoa”! Só que não. Vidência não se resume apenas em tomar sustos (amém).

É importante ressaltar que tudo que “vemos” é um reflexo do que nosso cérebro traduz de informações mentais. Nosso cérebro tem padrões que associam formas de acordo com a nossa realidade física. Logo, se no seu mental chegar códigos energéticos da figura de um leão, seu cérebro identificará o animal por você já ter visto um e formará na área do seu cérebro correspondente à visão um leão! Mesmo o leão não existindo fisicamente. Há espíritos que utilizam ectoplasma para se materializarem neste plano e ficarem visíveis ao olhos físicos, daí já não é vidência, e sim uma aparição física de uma manifestação espiritual (objetos voando, já viu? Não queira!).

“Ai mas eu tenho medo porque é só coisa feia que vejo”. Bom, alguns espíritos se utilizam da vidência das pessoas para assustá-las, assim como outros que mudam suas formas para parecerem belos e agradáveis. Existe espírito todo deformado, uns são só borrões, outros animalescos, e outros muito belos e exuberantes e encantadores. O que vai lhe fazer identificar sua forma original é a leitura de sua energia (essência). Os espíritos que são dotados da capacidade de mudar sua forma (energeticamente te influenciando através do mental/mental) agem assim ou para te enganar ou para trazer familiaridade e estabelecer uma comunicação melhor, mas sua essência jamais mudará.

Então você sendo vidente (acredito que todos somos), precisa antes de qualquer coisa estudar! Estudar os espíritos, energias, planos, egrégoras, vibração, o trabalho de entidades, e tudo mais que seja do plano espiritual para que quando você der de cara com uma “pessoa” saber identificar PELO MENOS sua vibração por sensibilidade mental. E sim, amiguinhos, tudo é mental. A existência é mental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui