Todo mundo já ouviu falar que alguém pertence a um elemento específico, fulano é de água, beltrano é de terra e etc… Se não me engano já escrevi aqui algo sobre como identificar qual seria o seu elemento dominante de acordo com o comportamento de cada um, e ao contrário do que muitos pensam o elemento regente do signo raramente é o elemento que  representa a pessoa, mas isso já é outro assunto.

Nesse artigo irei falar da transição do elemento, ou transição elemental. Mas o que seria isso, gigim? Simples, é quando uma pessoa de aspectos de determinado elemento simplesmente muda de seu elemento para outro, adotando assim as características dele, ou seja, um dia o cara é regido pelo elemento fogo e por algum motivo o cara acorda sendo regido pelo elemento ar… pode parecer muito estranho mas acontece com mais frequência do que se imagina, e o principal erro do ocultista nesses casos é não se adaptar ao seu novo elemento regente.

O Ovo Negro

Antes de falar das transições temos que dar uma palhinha sobre o akasha, éter ou ovo negro, esse que seria o elemento do ser humano, de acordo com algumas culturas teríamos os 4 elementos e seus representantes, da forma mais wicca possível vou exemplificar:

Terra: Gnomos, ents

Água: Ondinas

Fogo: Salamandras, djinns

Ar: Silfos e fadas

*Akasha: Humanos

Obviamente não é todo mundo que acredita nessa teoria, eu mesmo não simpatizo muito mas de algum lugar isso veio e quem sou eu pra discutir, né? Mas o importante a ser levado em consideração é que o quinto elemento (akasha) não seria na verdade o quinto, mas sim a junção de todos os elementos anteriores, formando assim a humanidade, percebam que o magista ao fazer a energização elemental invoca os 4 elementos e não o akasha, ou seja todas as energias elementais habitam no ocultista, e assim formam o akasha.

Levando em conta que temos todos os elementos fluindo em nós e definindo nossa existência obviamente teríamos um elemento que se sobressai sobre os outros, esse seria o que chamamos de elemento dominante, pois seria mais influente no seu bolo de akasha, os aspectos como citei anteriormente tenho quase certeza que já postei aqui no portal.

A transição

Ao contrário do que muitos pensam o ser humano não carrega as mesmas impressões energéticas pela vida toda (nem muitas outras entidades), o ser humano é mutável devido ao seu livre arbítrio, logo estamos constantemente desenvolvendo nossas características, seja para melhor ou para pior, e isso não se diferenciaria no caso do elemento primordial

Um belo dia você pode acordar e perceber que seu comportamento não lhe cabe mais, muitos acreditam ser apenas maturidade ou velhice chegando mas muito também pode ser explicado pela transição elemental.

O que causa essa transição?

Temos uma penca de motivos para que isso ocorra, intencionais ou não, vou citar alguns aqui mas saibam que podem existir vários outros.

Mudanças astrológicas: Todo ser humano é influenciado pela posição dos astros, na verdade pela sua própria posição no universo, logo mudanças lá no espaço podem forçar a transição elemental de alguém.

Rituais: Quase tudo pode-se ser forçado por via de rituais, a mudança de elemento também, quem nunca ouviu falar de alguém que faz ritos para melhorar o humor de pessoas ou deixá-las mais calmas? Quem nunca viu um ocultista domar qualquer mulher por mais louca que ela fosse? E obviamente quem nunca viu um ocultista enlouquecer mulheres antes tão sãs ? Pois é existem vários ritos capazes de influenciar mais determinado elemento num ser, levados ao extremo podem gerar a transição.

Mudança de hábitos: Maturidade, velhice, trauma, amor e etc… tudo isso pode influenciar para que seu elemento não caiba mais em você dando assim lugar a outro, a mudança pode ser brusca ou suave, vai depender muito da pessoa e de como ela encara mudanças.

Convívio: Esse é raro, mas algumas pessoas por estarem cercadas o tempo todo por pessoas de determinado elemnto acabam se moldado a ele, e por fim sofrendo a transição.

 

Ok, mas isso é bom ou ruim?

Nem um nem outro, todos os elementos já existem dentro de você, logo nenhuma mudança seria tão absurdamente drástica ao ponto de você não ter como se adaptar, às vezes pode demorar às vezes não, vai muito do entendimento de cada um, o que normalmente atrapalha nesse aspecto é a negação, ou seja o pensamento “eu sou assim e assim ficarei” só traz o desequilíbrio e a insatisfação pessoal, logo enquanto não houver a aceitação ou inversão a pessoa não terá paz.

Como percebo essa transição?

A transição pode ser percebida de vários modos, a principal é no comportamento, se você tiver um círculo de amizades muito próximo à você eles vão começar a comentar da sua mudança de pensamento e comportamento, isso já lhe dá uma base para começar a fazer testes.

Outra forma é por meio de visões, seja com seu SAG, DG ou TOTEM, quando eles perceberem as dúvidas na sua mente provavelmente irão lhe conceder uma visão explicativa.

E por fim temos a sensibilidade, todos nós sabemos que o principal aspecto que temos do nosso elemento é a fascinação e amor pelo mesmo, quando ocorre essa transição o fascínio mingua e acaba dando lugar ao próximo elemento.

E o que isso influi nos meus estudos e práticas?

Obviamente com a mudança de elemento suas afinidades espirituais também mudarão, logo a adaptação espiritual é essencial para que suas práticas continuem a dar certo, mas isso vocês já imaginavam.