“demônio fêmea, em oposição aos íncubos, tentando os homens durante o
sono, nada os detém até conseguirem copular com eles . Costumam visitar os solitários ,
monges e pastores , aproveitando-se de seus jejuns e abstinências . Reanimam cadáveres
que depois de uma noite de amor, voltam ao estado putrefato . Muitas vezes, dizem,
tomam a forma da pessoa amada . Plural: Succubi.”

Sucubbi, as “diaba” que vem tarar os pobres homens durante seu celibato, quem nunca ouviu falar delas, né? Pois é, hoje em dia tão difundidas e até reverenciadas as succubi se tornaram personagens obrigatórioas na fantasia de qualquer pervertido, sempre personificando os principais aspectos da luxúria, ou seja, pouca roupa, corpos esculturais e safadeza de sobra… mas o que são as succubi?

 

Súcubos ou Sucubbi são na verdade vampiros astrais, seres não pertencentes ao plano físico que ao adentrar a ele tendem a absorver energia vital de seres humanos para poder realizar suas vontades, enquanto alguns grudam na sua cabeça, chupam seu pescoço ou drenam você de canudinho as sucubbi fazem isso da forma mais “maneira” possível, e qual seria ela? Sim, putaria! elas te exitam ao máximo para que você abra seus chacras e libere o máximo de energia no espaço, elas por sua vez absorvem toda essa energia e ficam felizes.

Percebam que algumas pessoas citam outro ser o Íncubo para que fosse a contraparte masculina da Súccubo, ou seja, se você é menino seria seduzido por uma súccubo, se é menina seria seduzida por um íncubo, assim mantendo sua escolha sexual intacta apesar de ser atacado por uma espécie de demônio… o que dizemos disso? Balela, não existiu íncubo, sempre foram apenas as sucubbi que mandaram ver, e elas podem sim assumir qualquer forma desde que essa seja motivo para gerar prazer para a v´tima, ou seja, se você gosta de meninos ela será um menino, se curte meninas será menina se tu curte animais vai ser um bicho e por ai vai, lembrando que nem toda súccúbo é obrigatoriamente passiva, ou seja, algumas pode sim violentar suas vítimas com o que vier na telha e essas vão chegar ao êxtase de qualquer forma.

E o que tem de ruim nisso?

Muita gente não pode ouvir falar em súccubo que já pensa “vem ni mim”, realmente conheço pessoas que mesmo após conhecerem os malefícios de tais atividades continuaram a manter interesse nas danadas mas aconselho, claro, uqe ninguém siga esse caminho.

Os principais malefícios são os mesmos de qualquer tipo de drenagem energética, cansaço, sonolência, perda de saúde, falta de atenção e ânimo, porém quando o assunto é com ocultistas a coisa piora e muito pois essa galera precisa de energia mais que pessoas “comuns” logo ser drenado não é uma opção.

Mais algum malefícios que eu deva saber?

Sim temos mais alguns, reza a lenda que as sucbbi são na verdade imagem e semelhança da deusa babilônica Lilith, e elas seria responsáveis por disseminar a vontade e os dotes dessa Deusa pelo universo, sendo assim além de sugar a energia de suas vítimas elas injetariam na consciência do atacado os principais aspectos de Lilith e eles todos são ligados à perversão sexual (vários tipos), e mesmo que muitos achem isso legal (sim hoje em dia tem maluco pra tudo) no geral não sendo sua escolhe mas algo arbitrário, não devia ser levado em consideração.

Mas elas existem mesmo?

Algumas pessoas acreditam que não, que assim como todos os outros demônios elas são só coisa da nossa cabeça, nesse caso as sucubbi seria projeções dos traumas e necessidades sexuais que nós teríamos… aquele papo psicológico de sempre, e depois a igreja pra não colocar a culpa na mente usaria, obviamente, demônios… Como sempre vai de cada um acreditar ou não.

E elas são realmente gostosonas?

Essa pergunta é triste de se responder, afinal é raro encontrar algum ocultista que não tenha sido atacado por uma súcubu algum dia mas a resposta é categórica NÃO assim como qualquer vampiro astral elas sofrem de degeneração energética e espelham o definhar em suas formas reais, ou seja, ao menos quando aqui nesse plano são obrigadas a mostrar sua forma verdadeira sempre será de algo secando e definhando, semelhante à uma múmia sem as bandagens.

Disque súcubo, tem?

Por incrível que pareça tem, muitos rituais voltados à Lilith na verdade são pra invocar uma porrada de sucubbi e ter orgias com elas, obviamente não é saudável mas sempre tem maluco pra experimentar (repito, não aconselho)

 

Segundo a conceituada revista eclesiástica francesa “L’Ami du Clergé” não se pode negar a
possibilidade do comércio carnal entre homens e demônios: “Digamos mesmo que é
impossível negar esse gênero de fatos, após o testemunho tão numeroso, claro e
convincente dos Santos Padres. Baste-nos citar as palavras de Santo Agostinho: ‘Os fatos
de demônios íncubos ou súcubos são tão múltiplos que não se poderia negá-los sem
imprudência: a autoridade de tantos personagens graves, as narrações de fatos
indiscutíveis tanto entre os povos civilizados quanto entre os bárbaros, as confissões,
enfim, de vários milhares de pessoas devem ser tomadas em consideração’ (De Civit. Dei,
XV)”. (“L ´ Ami du Clergé”, Le Demonisme, 1902, p. 1065.) Ainda no século XVIII — o
chamado Século das Luzes… — tal prática é confirmada por autores sérios e doutos como
Fr. Charles-René Billuart, O.P. (1685-1757), célebre teólogo francês, e Santo Afonso Maria
de Ligório (1696-1787), Doutor da Igreja. (Cf. F. C.-R. BILLUART, Soturno Sancti Tornae, V,
p. 264; Santo AFONSO, Teologia Moral, in D. NEYRAGUET, op. cit., p. 248.)
Quanto ao modo como se pode dar esse comércio carnal com o demônio, é certo que este,
sendo puro espírito, não pode cometer atos de luxúria. Entretanto, nada impede que ele
faça bonecos aos quais dê aparência de vida, apresentando-os ora sob de aspecto de
homem (o chamado demônio íncubo), ora de mulher (súcubo). para que sirvam de objeto
de satisfação da luxúria dos que ele se entregam.

“Chegou-nos recentemente aos ouvidos, não sem que nos afligíssemos na mais profunda
amargura, que em certas regras da Alemanha … muitas pessoas de ambos os sexos,
negligenciando a própria salvação e desgarrando-se da Fé Católica, entregaram-se a
demônios íncubos e súcubos (Íncubo é a forma masculina e súcubo a forma feminina
tomada pelo espírito das trevas para manter relações com feiticeiros de um e outro sexo) e
pelos seus encantamentos, pelos seus malefícios e pelas suas conjurações, e por outros
encantos e feitiços amaldiçoados e por outras também amaldiçoadas monstruosidades e
ofensas horríveis, têm assassinado crianças ainda no útero materno, além de novilhos, e
têm arruinado os produtos da terra, as uvas da vinha, os frutos das árvores, e mais ainda:
têm destruído homens, mulheres, bestas de carga, rebanhos, animais de outras espécies,
parreirais, pomares, prados, pastos, trigo e muitos outros cereais; estas pessoas miseráveis
ainda afligem e atormentam homens e mulheres, animais de carga, rebanhos inteiros e
muitos outros animais com dores terríveis e lastimáveis e com doenças atrozes, quer
internas, quer externas; e impedem os homens de realizarem o ato sexual e as mulheres
de conceberem, de tal forma que os maridos não vêm a conhecer as esposas e as esposas
não vêm a conhecer os maridos; porém, acima de tudo isso, renunciam de forma blasfema
à Fé que lhes pertence pelo Sacramento do Batismo, e por instigação do Inimigo da
Humanidade, não se excusam de cometer e de perpetrar as mais sórdidas abominações e
os excessos mais asquerosos para o mortal perigo de suas próprias almas, pelo que
ultrajam a Majestade Divina e são causa de escândalo e de perigo para muitos”.