Quase todo ocultista deve saber que o principal combustível para a realização de feitos mágicos extraordinários se deve à manipulação da vontade do praticante, e existem N formas para que essa seja canalizada para alcançar esse fim, nessa prática ensinarei mais uma das formas, e ela consiste em algo relativamente simples e que todos nós fazemos: Sonhar.

Canalização de vontade

A vontade pode parecer algo simples e até meio óbvio quando se fala assim “basta querer que acontece”, mas sabemos que não é tão fácil manter uma vontade perene e acessa dentro de nós o tempo todo. Fatores externos fazem com que a todo tempo esqueçamos o foco de nossas vidas que é o de sempre atingir nossas metas, a grande verdade é que a maioria de nós é “mecânico” a maior parte do tempo.

Com pouco tempo de estudo e prática aprendemos exercícios para fortificar nossa vontade, escrever metas num pedaço de papel, repetir para si mesmo em forma de mantra o desejo, direcionar o pensamento quando estamos liberando picos de energia como dor e orgasmo… Todos são meios bem conhecidos pela galera auto-suficiente no quesito realização de metas, porém sempre temos um problema o qual todos sofrem e ninguém pode lutar contra: O tempo

Como assim Gigim?

Por mais que façamos nossas canalizações energéticas sobre nossas vontades nossos dias continuam tendo 24 hrs e o tempo útil diminui ainda mais quando trabalhamos, estudamos, namoramos e vivemos a parte “normal” de nossas vidas. É difícil canalizar vontade em conseguir um emprego melhor enquanto troca a fralda cheia de merda do nosso filho chorando a altos brandos e a panela de feijão ta no fogo. Somos humanos e sociais e vivemos em sociedade e muitas coisas nos são impostas todos os dias e isso tira nosso foco o tempo todo, é normal.

O que posso fazer Gigim? Virar eremita?

Muitas pessoas realmente optam por isso, isolamento completo da vida em sociedade, podendo assim quantificar seu tempo e melhor aproveitá-lo para a iluminação sem intromissões ou deveres, mas sabemos que não é uma opção para todos nós e por conta disso alguns ocultistas (eu por exemplo) optamos por usar um “cheat code” para mexer no relógio da realidade e assim ganhar algum tempo a mais para trabalhar.

O processo

Para que essa prática se torne efetiva o magista deve ter prática com o controle de sonhos e projeção mental, ou seja, não faremos projeção astral mas o praticante deve ter total controle do seu “microcosmo” mental, mergulhando profundamente nele, deve-se também ter muita afinidade com sonhos lúcidos, pois essa prática será efetuada durante o sono onde nosso cérebro consegue reproduzir totalmente os impulsos energéticos de quando estamos acordados.

A prática consiste em durante os sonhos lúcidos realizar os mais diversos tipos de canalização de vontade, aproveitando a distorção de tempo existente dentro do “mundo dos sonhos”, ou seja, podemos em um sonho canalizar a vontade de dias, meses ou até anos, dependendo de qual o seu controle em se manter sonhando enquanto dorme.

Como fazer?

Uma das principais formas de se incitar sonhos lúcidos é forçar o cérebro a pensar no que você quer antes de dormir, repetir o intento, simular mentalmente a situação a qual se deseja repetidas vezes até o cérebro quase acreditar que aquilo é real, desenhar um quadro seja físico ou mental sobre aquilo, fazer seu cérebro acreditar que aquilo é real, mesmo que dentro da sua cabeça.

Exemplo

Um ocultista que deseja muito uma determinada situação pode se imaginar já estando nela e vivendo o dia-a-dia com aquilo, detalhes de como seria, o que mudaria e etc dão mais realismo à causa e fazem o cérebro aceitar melhor e consequentemente você acabara sonhando com aquilo, porém num sonho aquela situação pode durar muito mais tempo que apenas os minutos os quais você ficou projetando aquilo.

O que normalmente rola

Quando a prática se torna corriqueira o ocultista tem sonhos de vidas inteiras já possuindo aquele detalhe que deseja, e essa certeza de anos de que aquilo é seu e faz parte de sua vida pode deformar a malha de realidade do universo físico e atrair a situação para a realidade, algo como o universo tentando desfazer a duplicata que você criou. As energias geradas por esses sonhos também existem no mundo físico e se comportam como se a situação existisse, então se forem cabíveis essas energias irão tentar encontrar seu lugar no mundo físico assim forçando o intento a acontecer.

Lembra um pouco aquele filme “a origem”, mas é bem legal

Contra-indicações

Apesar de ser uma prática simples e aparentemente inofensiva ela tem um grande problema, o qual só se manifesta em um caso: Quando ela começa a dar resultados.

Realizar desejos não é natural do ser humano, e fazer isso o torna meio piroca das ideias, algo como um vício, e obter resultados satisfatórios o fará querer repetir o processo mesmo quando não é necessário.

outro ponto negativo é que apesar de dormirmos e descansarmos durante o sonho lúcido, nosso cérebro mesmo continua trabalhando e em dobro durante o período que deveria estar em repouso, e isso pode acarretar estafa mental, perda de funções cognitivas e etc (mesmos sintomas de insônia).

E por fim temos o problema do lapso de realidade, quanto mais se pratica mais os sonhos se parecem reais e isso pode afetar sua concepção da realidade, então cuidado.

Bom, por hoje é só, Boas Práticas e Hasta 🙂