Muitos dos antigos Tantras afirmam que o corpo é um Yantra e que a respiração é seu mantra.
De forma a facilitar o entendimento deste conceito, a respiração “Bhramari” é um excelente
ponto de partida. É simples, ajuda na concentração e provê um sentimento de unidade entre o
corpo e a respiração, uma consciência antes de simplesmente uma função do sistema nervoso
autônomo.

TÉCNICA 1

Bhramari : Tome uma inspiração profunda, exale todo o ar dos pulmões,
concentrando em contrair os músculos abdominais para expeli-lo todo. Inale através do nariz

fazendo um som de zunido, como uma abelha. Retenha por alguns segundos, enquanto se
sentir confortável (trabalhe para que possa se sentir confortável com períodos cada vez mais extensos de retenção do ar), concentrando em armazenar a energia vital do ar no plexo solar

(Chakra Manipura, que significa literalmente ‘centro da jóia da grande consciência’), separando assim a energia vital do ar. Então exale, através do nariz, fazendo um som de zumbido (esta característica do zumbido é feita pela passagem do ar pelas cordas vocais, muito simples de ser executado).

Focalize sua mente nos sons durante a inalação e exalação e na força vital sendo armazenada
no plexo solar durante a retenção.

Cada inspiração – retenção – exalação conta com um ciclo. Comece inicialmente com 5 ciclos, aumentando o número quando dominar a respiração ‘Bhramari’ e ela se tornar natural para você.