Por que Qlippoth é uma piada?

Depois de uma semana barulhenta com com pessoas de mentes pequenas e egos inflados batendo pézinho porque foram “desafiados”, pesquisei os principais temas que essa galera acredita e além de luciferianismo a árvore Qliphóttica tava no topo, então vamos falar dessas baboseiras.

Primeiramente

Se você já passou dos 15 anos de idade e já é alfabetizado o suficiente para ter lido mais do que 3 livros deve saber que Qlippoth nunca teve uma grande relevância em textos tradicionais, mesmo sendo citada por Crowley, Dion Fortune e mais uma galerinha que levamos em consideração, qlippoth nunca foi algo que realmente rendesse frutos à evolução espiritual dos compromissados, porém com o tempo e a necessidade de barganhar premiações sem muito esforço trouxeram 2 coisas que colocaram qlippoth sob os holofotes, uma foi o luciferianismo e outra foi o M. W. Ford.

Culpa de Lúcifer?

Na verdade não, o luciferianismo tem um grande problema em não decidir pra qual lado do muro ele pula e tá sempre se contradizendo. Quando o satanismo era uma moda entre estrelas de Hollywood e quanto mais bizarros fossem os relatos mais se ganhava em cima disso o luciferianismo veio com uma visão um pouco mais intimista e sem saber exatamente se era uma manifestão da pisquê do homem ou se era algo mágico, e até hoje eles não decidem, criando assim várias correntes luciferianas o que transforma tudo numa grande bagunça.

Culpa do Ford?

O M. W. Ford era um oportunista que sabia sentir o feeling do que poderia render dinheiro, as obras dele normalmente são vinculadas à luciferianismo e goetia, e nesse caso estou usando o Liber HVHI dele pra embasar essa visão sobre qlippoth, mesmo sabendo que nesse mesmo livreto tem muito mais porcaria que faria qualquer mesa de bar render até de madrugada.

Então o menino Ford fez mais ou menos o que o Simon fez com o satanismo em sua época, ele pegou assuntos que poderiam fazer sucesso e criou seus compilados, mesmo que esses compilados não tenham quase que nenhuma autoria ou adição dele, muita gente pagou pau e babam ovo dele até hoje, mesmo ele tendo se mostrando bem bostinha com o decorrer do tempo, para alguns a bíblia do adversário e a goétia luciferiana do Ford são o ápice de leitura que eles vão encontrar, o que é bem triste.

Por que LHP e Qlippoth?

Pelo mesmo motivo do luciferianismo não assumir se é gay ou hétero, quando o Ford e boa parte dos adoradores dele citam Qlippoth, metade um grupo tá falando de demônios de várias outras culturas, outro grupo tá falando de anjo caído e por fim uma galera tá falando simplesmente de demônios interiores… Ou seja, eles não chegam em nenhuma conclusão simplesmente porque não existe uma, e por conta disso eles ficam tão putinhos quando alguém apresenta uma das opções… Ou seja, coisa de jovens.

Patchworking e LHP e Qlippoth

A última piada lançada entre os evocadores na goetia foi a goetia luciferiana patchworking, e vejo inclusive uma galera do “caminho da mão esquerda” vomitando pregos em cima do método, porém se eles estudassem só um pouquinho além da Wikipedia, eles perceberiam que a visão de demônios (principalmente da goetia) como algo interno e acessado via patchworking, é absolutamente do caminho da mão esquerda e defendida pela goetia luciferiana do Ford… Ou seja, essa grande piada que até eles não engolem, veio do material deles… O que é hilário.

Conclusão

Leiam mais, galera, não confiem em comentários de grupos de rede social, procurem nas bibliotecas, não sejam jovens místicos e nem seguidores de jovens babacas que são apenas reis dos cachorros e mal sabem o que tão fazendo. Apenas riam, e sigam em frente.

Por hoje é só, até amanhã FORTUNA!


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

VOCÊ TAMBÉM PODE APLAUDIR ESSA MATÉRIA FAZENDO UM PIX PARA: [email protected]

O que achou da postagem?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.