O ÁLCOOL NA MAGIA

(Naturalmente este post não é para incentivar as pessoas consumirem álcool).

Alquimistas consideram o álcool como uma mistura de fogo e água. considera-se também uma mistura de elementos masculino e feminino.

Em suma, álcool é uma mistura de opostos. Alcool é uma substância que é transformada por meio de fermentação. É representada pelo hexagrama em alquimia. A fermentação do álcool, possivelmente, começou com mel por voltar de 10,000 AC. Egípcios, sumerianos, e babilônios desfrutaram de cerveja desde 3000 AC. Egípcios tinham cerveja nas suas casas desde 1900 AC. Hathor foi associado com o álcool. Por volta de 1500 AC a deusa serpente do Egito renen-utet a doadora de uma abundância tornou-se associado com álcool. O vinho foi introduzido, além da cerveja, em diversas culturas em torno de 3000 AC, mil anos mais tarde, o vinho substituiu a cerveja entre os mais ricos e classes da nobreza. A maior parte do vinho era produzido por sacerdotisas e foram associados com deusas. Romanos e gregos diluía seu vinho com água para evitar o ‘duende de dunkeness “chamado’ mothon”.

Os Romanos introduziram o vinho na Europa, uma vez que ampliaram suas invasões em todas as direções. Ambos os deuses Baco e Dionísio estão associados com vinho na cultura Greco-romana. Em todo o mundo o álcool foi usada para recreação, Medicina, e rituais nas culturas antigas. Ainda é utilizado para todas estas coisas na cultura moderna. A cerveja possuem uma infinidade de sabores estes dias, é calmante, bom para a digestão e uma pequena quantidade pode ajudar no ritual. O vinho também.

Recentemente eu li sobre reuniões vodu que bebiam uísque e rum durante ritual. Devem ter em atenção que isso é feito com moderação. O ritual também é considerado uma liberação de tensões e estresse que construíram-se durante a semana. Toda essa tensão é lançada na forma de energia que é absorvido pelo Centro. Energia que pode ser lançada e redistribuída pela Mambo ou sacerdotisa para ser usado em proteção, cura, e outros fins mágicos.

Eu uso uma pequena quantidade dele durante alguns rituais ou para falar com espíritos e seres míticos . Não o tempo todo, mas eu descobri que há vezes em que o álcool aumenta a comunicação com o mundo espiritual ou certas entidades espirituais. Isto é especialmente verdade ao lidar com espíritos trapaceiros. Uma pequena quantidade de álcool, antes ou durante ritual é permitido. A minha deusa patrona gosta muito de oferendas alcoólicas como boa irlandesa que é. Assim, o meu companheiro e eu ouvimos rock, bebemos, dançavmos e cantamos, em seguida realizamos rituais. Ou armazenamos essa energia para usarmos em feitiços. É algo que você deve fazer sempre ou é uma questão de perspectiva? É adequado ouvir rock durante ritual? é adequado fazer sexo no círculo quando está apenas você e seu companheiro? É adequado beber álcool antes de um ritual? Isso tudo é uma escolha individual e o indivíduo deve tomar a decisão. Não eu ou qualquer outra pessoa. Muito álcool afetará a mente e impedem à coordenação, abrir portas para o mundo espiritual que um bêbado não pode perceber. Uma pequena quantidade de álcool pode abrir portas espirituais na mente que pode ser controlado e ser produtivo. Também não deve ser usado durante todos os rituais, mas como qualquer ferramenta em práticas mágicas, com respeito e cuidados.

(Eu, como sacerdotisa, tenho que entender o tipo de ritual, e há aqueles que é preciso estar com a energia e corpo totalmente limpos. Em outros, a percepção precisa estar mais aguçada e é permitido o uso de algumas substâncias que favoreçam esse estado.)

Continuamos na próxima parte…


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

VOCÊ TAMBÉM PODE APLAUDIR ESSA MATÉRIA FAZENDO UM PIX PARA: [email protected]

O que achou da postagem?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.