Início PRÁTICAS (PRÁTICA) Exercícios de Concentração Pt.3

(PRÁTICA) Exercícios de Concentração Pt.3

0

E chegamos à última parte dos exercícios de concentração, espero que alguém esteja fazendo e que obtenha resultados assim como a maioria das pessoas tiveram, ao contrário dos outros tópicos nesse vou postar o restante dos exercícios por serem mais curtos assim tornando a leitura mais dinâmica.

Sensoriais

O exercício seguinte é a concentração na sensação. A sensação escolhida pode ser
de frio, calor, peso, leveza, fome, sede, e deve ser fixada na mente até seconseguir mantê-la, sem nenhuma imaginação auditiva ou visual, durante pelo
menos cinco minutos. Quando formos capazes de escolher a de manter qualquer
sensação, então poderemos passar ao exercício seguinte.

Olfativos

Em seguida vem a concentração no olfato. Imaginemos o perfume de algumas
flores, como rosas, lilases, violetas ou outras, e fixemos essa idéia, sem deixar
aparecer a representação visual dessas flores. A mesma coisa deve ser feita com
os mais diversos odores desagradáveis. Esse tipo de concentração também deve
ser praticado até se conseguir escolher qualquer um dos odores e imaginá-lo por
pelo menos cinco minutos.

Gustativos

A última concentração nos sentidos é a do paladar. Sem pensar numa comida ou
bebida ou imaginá-la, devemos concentrarnos em seu gosto. No início devemos
escolher as sensações de paladar mais básicas, como o doce, o azedo, o amargo e
o salgado. Quando tivermos conseguido firmá-las, poderemos passar ao paladar
dos mais diversos temperos, conforme o gosto do aprendiz. Ao aprender a fixar
qualquer um deles, segundo a vontade do aluno, por no mínimo cinco minutos,
então o objetivo do exercício terá sido alcançado.
Constataremos que esta ou aquela concentração será mais ou menos difícil para
um ou outro aprendiz, o que é um sinal de que a função cerebral do sentido em
questão é deficiente, ou pelo menos pouco desenvolvida, ou atrofiada. A maioria
dos sistemas de aprendizado só leva em conta uma, duas, ou no máximo três
funções. Os exercícios de concentração realizados com os cinco sentidos
fortalecem o espírito e a força de vontade; com eles nós aprendemos não só a
controlar todos os sentidos e a desenvolvê-los, como também a dominá-los
totalmente. Eles são de extrema importância para o desenvolvimento mágico, a
por isso não devem ser desdenhados.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile