E ae, tá afim de dar uma “Transeada”?

Piadas à parte, hoje iremos falar de uma coisa que tava ali o tempo todo mas não sei por que poucos citam, o transe sexual para a evocação goetia que lemos da goetia ilustrada do titio Crowley.

Hora do transe

Muitos praticantes de “magia evocatória” acreditam que é necessário estar em transe para conseguir atingir algum resultado, alguns chamam de gnose ou gnosis, mas vamos admitir que são apenas níveis de transe diferentes e causados por causas diferentes, podendo ser respiração diferenciada (pranayama), posições diferenciadas (asanas), uso de psicotrópicos, álcool, dietas e a porra toda que vocês imaginarem, o importante é sair do seu “eu” padrão e partir pro transe, mas eis que Crowley traz algo que era a cara dele…

O transe sexual

Muitos de vocês devem ter passado rápido pela citação desse tipo de transe no goétia ilustrada, se não me engano tá na página 150 e é bem curtinho, quase uma citação mesmo, porém ele apresenta o ritual de forma até que decente, e pra quem já tem alguma experiência com meditação e magia sexual consegue entender como funciona o negócio, porém tem alguns aspectos que eu quero levantar aqui antes de começar a falar do ritual em si.

Aquela g#[email protected] DE RESPEITO

Alguns de vocês já devem ter passado por isso, principalmente quando a prática de energizar sigilos no momento do orgasmo se tornou popular, porém disso já sabemos, é muita energia expandida e podemos direcioná-la ao nosso bel prazer, porém algumas pessoas acabaram gerando um efeito secundário e que pode parecer até gozado, mas é bem interessante.

O transe veio com força

No momento do orgasmo, principalmente para quem realmente está praticando um ato de magia sexual é algo que pode se tornar até exaustivo, porém tem uma galera que curte o auto amor e acaba sempre fazendo isso com frequência, gerando assim muitos orgasmos mais intensos e com eles ativando efeitos que uma simples punhetinha não teria, e lendo sobre o transe sexual do Crowley percebi que pode ser algo bem parecido.

O transe sexual

O transe sexual numa explicação absurdamente curta é você conseguir se desligar do seu EU enquanto pratica o ato sexual, seja ele sozinho ou com parceiro (a), chegará um dado momento que seu corpo vibrará de tal forma que você poderá ter alguns dos efeitos que ele cita:

Visão mediúnica: Ver o passado, o presente e o futuro e qualquer lugar no tempo espaço, é mais ou menos como virar um clarividente punheteiro, na hora que você atinge o seu ápice a sua cabeça pira e você tem uma visão de algo que será importante ou de algo que você anteriormente queria saber e definiu antes do transe.

Receptáculo de espírito goetio: Botei goetio na descrição porque é do livro sobre o assunto que estamos falando, mas a descrição oficial deixa claro que ele está falando de qualquer espírito evocado, e da forma como ele cita parece muito mais uma INVOCAÇÃO do que uma evocação, pois o espírito realmente entra no seu corpo e o utiliza inclusive para se comunicar.

Alteração de realidade: Não, nada de X-men, estamos falando da realização de desejos sem sigilo, ou seja, moldar a realidade de forma suave, então algumas coisas que você proferir durante o transe sexual podem acabar sendo escritas na realidade ao redor.

Tô louco pra começar, Hannow

Como disse antes, isso aí tá no livro do Crowley, e é fácil encontrar o PDF na internet, então boa sorte e use camisinha, porém vou falar do ritual em si (pois tem alguns cuidados) e vou fazer observações na próxima parte dessa matéria, pois iremos falar de evocação goetia no próximo tema.

Valeu galera, por hoje é só, FORTUNA!


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

VOCÊ TAMBÉM PODE APLAUDIR ESSA MATÉRIA FAZENDO UM PIX PARA: [email protected]

O que achou da postagem?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Related Articles

O Deus pornô

Continuando nossa evocação goetia baseada em transe sexual alcançado graças ao orgasmo mortal citado na goetia ilustrada de Crowley, agora vamos falar da criação do…

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.