Segundo da lista dos 72, Agares. espero que tenham gostado da primeira postagem, e venho explicar que o intervalo entre uma postagem e outra não será pre-definido primeiro porque dependendo do espírito o material é escasso o que pode atrasar as buscas, e segundo porque o tempo não perdoa ninguém e nem sempre estarei disponível para postar, mas que seja, vamos a descrição completa de Agares.

Março 31 Abril 10 Três de paus Vênus Cobre 10º a 20º Áries (dia)

mantra: Rean ganen ayar da Agares

Quem é o dito cujo?

Agares, Aguares, Agreas ou Agaros é um grande duque que habita a parte a parte oriental do inferno, comanda 31 legiões e é tido como um espírito que representa coragem, e obviamente é conhecido por ser um espírito mediador durante conflitos, principalmente pelas dádivas as quais oferece a quem trabalha com ele.

Suas dádivas

Agares pode conceder as curiosas dádivas de. trazer qualquer tipo de desertor ou alguém que tenha abandonado uma causa, obviamente nos textos encontrados a visão sobre isso é a mais medievalista possível porém algumas variações se fazem importantes, ao exemplo de um livro em espanhol que diz que ele pode “impedir os que fogem” não citando necessariamente o vínculo do fujão com alguma causa em comum ao invocador, na maioria dos livros o que eles dizem é que ele pode trazer pessoas que estão fugindo de volta, acredito que por sua descrição em poucas palavras, que são Reunião, Trégua e Comunicação, o aspecto que mais se encaixa mesmo seria o de trazer desertores ou desistentes de volta à causa, em uma guerra a utilidade disso é inegável porém nos dias de hoje temos que levar como base as 3 palavras de poder dele e teremos mais aplicações para essa dádiva afinal união pode trazer a força e uma maçã podre no cesto pode estragar todas as outras, manter todos bem fixados ao grupo é obrigatório.

Segue mais

A segunda dádiva é totalmente ligada à comunicação, ele pode ensinar todas as línguas e dialetos existentes, seja nesse ou em outro plano, mas não pensem que vão poder largar o cursinho de línguas fazendo uma invocação, entendam que quando se diz poder falar todas a línguas quer dizer poder ser escutado, como exemplo cito uma frase muito usada no dia a dia “eles parecem que não estão falando a mesma língua”, ou seja apesar de se comunicarem não se entendem e não conseguem chegar a nenhum tipo de acordo, Agares facilita isso seja amaciando a cabeça alheia ou te indicando os caminhos verbais certos para que alcance seus objetivos na dita negociação, lembrando novamente que ele fará isso para 3 categorias distintas, humanos civilizados, humanos não civilizados e entidades de outros planos ou seja idiomas, dialetos e línguas. Útil pra cacete independente da área de atuação de qualquer ocultista.

E ainda não acabou não…

Por fim temos sua terceira dádiva, “destruir dignidades sejam espirituais, temporais ou materiais”, tenho que admitir que essa me encucou, então cavei mais fundo e encontrei “ele dignifica os homens”, isso vai contra a afirmação anterior, em uma ele joga um cara na lama, na outra ele tira o cara da lama, por interpretação dos poderes  anteriores tenho que admitir que a maioria que diz que ele retira as virtudes de um homem provavelmente estão erradas e que ele realmente torna um homem digno, ou respeitável provavelmente assim fazendo-o ganhar as vistas de melhores negociações.

Não esquecendo, claro o mais estranho de seus super-poderes “ele é capaz de causar terremotos”, particularmente adorei esse pois me fez gargalhar horrores, me pareceu um daqueles poderes absurdos que nego usa pra dizer “o meu é maior que o seu”, mas lógico, cavei mais fundo pra entender e o que encontrei, “Agares tem a habilidade de fazer os espíritos da terra dançarem”, ok, sei que isso podia sim ser interpretado por um bando de xamanistas como “o cara dos terremotos” mas convenhamos que tem muita coisa além d terremotos sobre os espíritos/djinns/elementares da terra, então ao que parece Agares tem sim algum tipo de ligação com tais espíritos e terremotos estão fora de cogitação.

E parece com o que?

Vamos então à aparência do nosso Duque bom de papo, incrivelmente esse carinha só aparece com uma forma geral, tendo nelas pequenas variações que provavelmente vieram do gosto do artista que o desenhou. Agares surge como um senhor, em alguns relatos de boa aparência, montado em um crocodilo que tende a ser maior que o normal, em seu punho ele ostenta um milhafre que é uma espécie de ave de rapina negra européia, parecida com um gavião, uma coisa se repete em várias obras, dizem que ele sempre tem uma aparência amistosa apesar de estar sobre um crocodilo, o que fortifica ainda mais a imagem dele como mediador em conflitos.

Conclusão

Por fim um pequeno grande detalhe que quase passa despercebido, alguns livros dizem que ele pertenceu às virtudes (grupo de anjos responsável por traduzir a vontades de Deus), porém essa que pra mim seria a parte mais importante pra se descrever sobre o espírito é exatamente a menos falada, então provavelmente deve ser algum erro passado pelos tempos e más traduções, até porque um caído ser apenas um duque seria algo estranho, ale´m dele não apresentar a amargura e melancolia da maioria das definições de caídos.

Bom, acredito que seja tudo pra esse rapaz, até onde podemos ver ele é realmente um espírito responsável por girar engrenagens e não pela máquina inteira, por isso a patente baixa, não parece um espírito agressivo, muito pelo contrário em momento algum das pesquisas vi ele podendo ser utilizado para batalhas ou para fermentar um confronto. Então é isso, se você tem problemas de união no seu grupo ou pretende tentar alianças com futuros grupos, sejam eles quais forem, ocultismo, empresarial, industrial, donos do mundo, Agares parece ser uma boa opção.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui