fbpx

Rituais e alucinógenos

Semana passada foi levantado um questionamento no grupo se a utilização de alucinógenos em rituais seria algo benéfico à prática de projeção astral… Vamos falar disso.

Tóxico ou não.

Uma coisa que é fato é que a humanidade sempre tentou ficar chapada de alguma forma em todo o decorrer da história, seja bebendo, comendo, ou fumando algo, qualquer coisa que modificava a forma como o cara via a realidade era colocado em 2 utilidades, recreação e religião.

Mas o meu é fraquinho.

Essa é a desculpa de quem não quer admitir que está se drogando, alguns dizem que usar de forma ritualística é diferente de usar de forma recreativa, por conta disso não estão se drogando, outros dizem que o que utilizam é legalizado, então não é droga, e  obviamente sempre aparecerá alguma desculpa pra ficar doidão nem que seja “é porque meus ancestrais usavam”.

A ciência sobre isso.

Obviamente quando falamos do uso de substâncias para a alteração de consciência e metabolismo em rituais estamos tocando na feriado mais pé no saco de lidar, a crença religiosa, muitas porcarias que matam e fazem mal são liberadas dentro de contexto religioso, o que não diminui o risco da utilização e nem a chance de dependência, porém quando temos cultos centenários onde tudo funcionava a vontade de experimentar estados de consciência diferenciados ganha de qualquer estudo científico.

Mas ajuda?

Esse foi o pilar das questão, se eu uso algo que vai me fazer perder a percepção da realidade, posso considerar o que senti como algo mágico? Ou é simplesmente uma viagem de mais um drogado hipster modinha? Obviamente não temos uma resposta abrangente pra isso, irá da percepção de cada um, afinal se você nega o uso dessas substâncias como algo válido você tá botando o dedo na cara de centenas de culturas que usavam e usam até hoje, e vai por mim isso não é uma briga que você quer comprar. (eles são bem apegados às crenças e seus brinquedinhos)

E análise pessoal?

Hoje em dia ter uma opinião sobre algo é o mesmo que se auto declarar nazista, seja ela uma opinião pessoal e que você não se importa em defender ou não, sempre haverá um grupo de pessoas prontas pra te odiar e desejar que você morra, então como ocultista, praticante e com anos na estrada vendo um monte de gente se fodendo pelo uso de alucinógenos sob a desculpa de rituais eu te aconselho, guarde a sua opinião pra você, não faça propagandas de produtos ilegais e deixa quem quer viajar… viajar.

Diferença de alucinar e se auto alucinar.

Essa é a questão que mais perguntam, se existe diferença entre alguém com deficiência mental alucinando e alguém que incitou alucinação para realizar algum “feito”, bom, a resposta é simples: NÃO. Se existe alguma diferença é que alguém com deficiência não sabe que alucinou quando a piração passa e quem se auto influenciou vai saber quando a piração passar e vai ficar confabulando sobre o que rolou, mais ou menos como interpretar um sonho.

Mas pra alucinar preciso usar substâncias?

Na verdade não, dietas, exercícios de respiração e até meditações podem alterar o seu estado de consciência e fazer com que você tenha alucinações, porém é demorado e demanda muito esforço, por conta disso muitos preferem pegar um atalho, e acredito que vocês sabem quais são.

Por hoje é só, até a próxima, FORTUNA

E DIGAM NÃO ÀS DROGAS!


GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

VOCÊ TAMBÉM PODE APLAUDIR ESSA MATÉRIA FAZENDO UM PIX PARA: IMPERIUMFORTUNA@GMAIL.COM

O que achou da postagem?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *