A morte, a magia e a tecnologia

Fala galera, Eu sou o Hannow da Tenebris Actus e hoje quero trazer um assunto não tão mórbido como parece, mas que me pareceu bem relevante quando falamos de lembranças dos que já se foram.

O que é a morte?

Taí. Uma pergunta interessante, morrer tem tantas definições quanto viver, pode ser uma definição filosófica, religiosa ou biológica… Morrer é algo bem único de cada cultura ou grupo, porém é uma certeza para todos eles, ninguém vai sair vivo dessa e infelizmente ninguém vira zumbi ou vampiro como são nos filmes, porém o problema não está no que acontece quando morremos, mas o que acontece depois.

Fantasmas, alguém falou de fantasmas?

Cara eu adoro falar de fantasmas, eles estão em praticamente todas as culturas conhecidas, podem variar de nome ou de comportamento, mas sempre serão os bons e velhos fantasmas, uma espécie de retrato vivo de alguém que morreu e que por algum motivo continua vagando pela terra, seja para visitar parentes, assustar pessoas ou implorar por favores para poder seguir em paz pela eternidade… Daria pra falar de fantasma uma semana inteira, mas vamos falar de outro tipo de fantasma, o que nós criamos.

Você deixa de existir quando ninguém lembra de você

Essa é uma máxima interessante sobre a morte que é aplicada até para DEUSES, se ninguém lembra que você existiu… Você deixa de existir. Obviamente isso só funciona se você era um ser não corpóreo ou se você já bateu as botas, ou seja, estamos falando de identidade e não de alma ou qualquer outra coisa mais do âmbito mágico, porém tem muito disso que criamos todos os dias graças à tecnologia.

Ele não era isso tudo

Durante muitos anos de debates sobre ocultismo eu tenho visto todo tipo de fã de autores que já bateram as botas a muito tempo, seja ele um apóstolo ou um bruxo que ficou famoso por suas orgias, sempre teremos tietes enrustidas para esses autores, o que não é problema nenhum, afinal estamos falando da obra da vida de um homem, respeitá-la não é erro algum, porém e quando estamos falando simplesmente da pessoa por trás da obra? Será que você realmente conhece aquele seu autor favorito ou ele é só uma figura que você criou?

A resposta é bem simples

Sim, ele é apenas um reflexo da sua imaginação. E sim a resposta é fácil porque você não conheceu o cara/mulher por trás das letras, você tá lendo o livro dele após centenas senão milhares de traduções, revisões e adaptações, acreditar que você vai conseguir captar alguma essência daquela pessoa só porque você comprou um livro é muita audácia ou muita ingenuidade.

Mas não é sobre isso que eu queria falar

Percebam que isso é de fácil aceitação quando falamos de alguém que não conhecíamos de forma particular, porém e quando falamos de pessoas que estão no nosso convívio? Pais, avós, filhos, esposas e etc… Normalmente nesses casos o que guardamos é a lembrança deles, e essa sim é bem real e talvez isso os fariam estar vinculados ao nosso mundo mesmo após a morte, mas isso já é assunto pra uma próxima matéria.

A pós vida virtual

E chegamos na doideira do dia, empresas “preocupadas” com o bem estar de seus clientes estão implementando ferramentas para que um software colete informações da vida pessoal de uma pessoa para que após a morte exista uma espécie de “clone espiritual virtual” da pessoa, ele terá a sua voz, o seu rosto, os seus trejeitos e tudo o que a ferramenta conseguir encontrar nas mídias sociais, e apesar de macabro não parece tão esquisito poder bater um papo com alguém que você gostava e que já se foi, talvez depois de algumas doses de vodca…

Mas onde está a sujeira?

Óbvio que tem sujeira né, primeiro que isso não seria de graça, ou seja você poderia criar dependência nisso, problemas psicológicos e tudo o mais. Isso poderia virar um app de celular, imagina que divertido “fale com sua mãe morta hoje, os 30 primeiros minutos são grátis”. E ainda pior, eles poderiam utilizar um avatar de um falecido para fazer coisas que não são da natureza dele, algo como me colocar numa camisa do Flamengo… Já imaginaram nas possibilidades?

Bom o debate continua lá no grupo e nas sextas feiras, até a próxima galera, FORTUNA!


O DEBATE CONTINUA NO GRUPO DO WHATSAPP E NO DISCORD

GOSTOU DESSE CONTEÚDO? QUER VER MAIS SOBRE ISSO OU SOBRE UM ASSUNTO DE SUA ESCOLHA? SEJA UM APOIADOR DO PORTAL E VEJA AS VANTAGENS, CLIQUE NO LINK PARA SABER MAIS

VOCÊ TAMBÉM PODE APLAUDIR ESSA MATÉRIA FAZENDO UM PIX PARA: [email protected]

O que achou da postagem?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.